Loading...

Drenagem Linfática

//Drenagem Linfática
Drenagem Linfática2018-06-14T15:16:08+00:00

Drenagem Linfática é uma técnica, que auxilia, otimiza e facilita a circulação da linfa e a expulsão desta, junto com microorganismos e substâncias não necessárias ao corpo.

É pelo sistema linfático que percorre o líquido (linfa) incolor e transparente que filtra essas impurezas.

Quando há algum problema na circulação linfática, essas impurezas podem ficar “paradas” em determinados pontos do corpo o que pode ocasionar inchaços, espinhas, edemas etc. Nesse caso, após uma avaliação, o especialista pode recomendar a drenagem linfática.

A linfa é o líquido responsável pelo “transporte” do excesso de líquidos e toxinas. Esse sistema é constituído de vasos linfáticos que recolhem e depois filtram líquidos e dejetos que retornam para a circulação sanguínea.

A drenagem linfática é executada através de movimentos circulares, com pressão suave, rítmica, lenta e precisa através de manobras com as mãos ou por eletroestimulação sobre os pontos onde existem os vasos linfáticos. Quando estimulados, a circulação linfática proporciona a distribuição de líquidos e a movimentação de toxinas em direção aos rins para que sejam eliminadas posteriormente.

A massagem linfática foi criada pelo doutor dinamarquês Emil Vodder na década de 30, como um tratamento a seus pacientes que apresentavam os mais variados sintomas como: gripe, sinusite, rinite, etc. Esses pacientes apresentaram os gânglios do pescoço inchados e duros, executando movimentos da drenagem linfática manual nos gânglios, doutor Emil Vodder identificou melhora significativa nos sintomas citados anteriormente.

Indicações:
– Eliminar as toxinas;
– Diminuir inchaços e retenção de líquidos;
– Melhorar a oxigenação da pele;
– Ativar o sistema imunológico;
– Melhorar celulite;
– Tratamento de pré e pós cirurgia plástica, alivia hematomas e inchaços;

Benefícios:
– Redução de edemas;
– Aumento do grau de hidratação e nutrição da célula;
– Aumento da velocidade de cicatrização de ferimento;
– Aumento da capacidade de absorção de hematomas;
– Melhora do retorno de sensibilidade em cirurgias plásticas;
– Previne a formação de celulite;
– Promove relaxamento.

Contra-indicações:

– Infecções agudas;
– Insuficiência cardíaca descompensada;
– Flebites;
– Tromboses;
– Tromboflebites;
– Síndrome seno carotídeo;
– Hipertensão( salvo quando controlados por medicamentos)
– Certos tipos de afecções da pele;
– Câncer,
– Asma brônquica e bronquite asmática;
– Hipertireoidísmo;
– Parte do corpo inchada, dolorida, avermelhada, sensação de mal-estar

Profissional responsável: Natasha Rebouças