Loading...

Plataforma Vibratória

//Plataforma Vibratória
Plataforma Vibratória2018-06-14T15:42:35+00:00

A Plataforma Vibratória consiste em exercitar os grupamentos musculares sobre uma plataforma que permanece vibrando constantemente. O sistema baseia-se em repetir um estímulo sobre os músculos, tendões e ligamentos, o qual gera uma resposta de contração imediata, sem sobrecargas. Com a vibração, consegue-se trabalhar a 100% os músculos. Adotando diferentes posturas potencia-se o exercício em determinadas partes do corpo, sem esforço. Os músculos são oxigenados e consegue-se queimar a gordura corporal. Pessoas idosas incapacitadas para exercícios com pesos ou aeróbicas, têm na Plataforma Vibratória uma solução simples para prevenir a perda muscular relacionada à idade, melhorando a flexibilidade, o fluxo sanguíneo por todo o corpo com importante ganho em bem estar e qualidade de vida.

Como ocorre o fortalecimento dos músculos com o uso da plataforma vibratória
Você tem a impressão de que a gravidade aumenta, mas, na verdade, a aceleração da plataforma soma-se à da gravidade e, com isso, há maior recrutamento dos músculos, fazendo com que mais fibras sejam utilizadas em resposta ao estímulo.

Exercícios potentes
Em cima da plataforma, você pode fazer qualquer tipo de movimento, de agachamento a  flexão de braços e abdominais – em pé, sentada ou até deitada. A combinação das contrações com a ginástica feita sobre o aparelho potencializa muito o exercício, produzindo resultados em menos tempo de treino.

Nada de moleza
Diferentemente do que muita gente pensa, a plataforma vibratória não é uma ginástica para quem não gosta de fazer ginástica. Não tem essa de ficar paradinha esperando a máquina trepidar. De passivo, esse exercício não tem nada. Pelo contrário: você precisa fazer muita força e focar no músculo que está sendo trabalhado.

Flexibilidade nota 1000
Pesquisas apontam que fazer um exercício de alongamento em cima da plataforma melhora a flexibilidade tanto logo após a vibração como ao longo dos meses. A vibração, ao provocar uma elevação da temperatura corporal, reduz a resistência muscular ao estiramento, deixando os músculos mais flexíveis.

Como se dá a redução da gordura e celulite
A vibração desenvolve os tecidos musculares e promove o aumento do metabolismo, resultando em uma maior queima calórica.
Proporciona uma melhora na drenagem linfática e aumento da circulação sanguínea, tornando o exercício vibratório um importante promotor de perda de gordura, com efeitos também benéficos contra a celulite.

Ossos saudáveis
Outro estudo feito com mulheres que sofriam com osteoporose demonstrou que elas não somente obtiveram um ganho de 16% de força mas também um aumento de 1% de densidade óssea durante os seis meses em que treinaram com o equipamento. A ação da gravidade cria um esforço compressivo no tecido ósseo. Essa compressão, quando em alta frequência, pode realmente provocar ganho de massa.

Outros benefícios e indicações
Menor esforço das articulações, ligamentos e tendões; Programas de reabilitação; Potencia os resultados do treino convencional; Incrementa os efeitos do estímulo cardiovascular; Melhora a circulação sanguínea; Melhora a coordenação motora; Aumenta a força explosiva; Aumenta o poder de aceleração; Aumenta a potência muscular; Massagem e relaxamento; estabilidade da região pélvica;

Restrições e contra indicações
Portadores de marca passo; mulheres grávidas; mulheres com DIU recentemente implantados; problemas cardíacos e vasculares; Pessoas em fase de recuperação pós-operatória ou infecciosa; Portadores de próteses no joelho, bacia ou de pinos metálicos; epilepsia, diabetes, cirurgia de coluna; hérnia de disco grave; trombose; tumor; enxaqueca aguda.

Profissionais responsáveis: André Chagas, Natasha Rebouças, Milena Ioselli, Fernanda Curto e Alexandro Moreira